Notícias

12/04/2018





















 

O conselheiro federal pela OAB-BA Antônio Adonias é o novo presidente do Centro de Estudos das Sociedades de Advogados (CESA) na Bahia. A posse ocorreu na quarta-feira (11), em cerimônia realizada no salão de eventos do Salvador Shopping Business. Participaram do evento o presidente nacional do CESA Carlos José Santos da Silva, o presidente da OAB-BA Luiz Viana, o conselheiro federal pela OAB-BA Fabrício Castro, o secretário-geral do IAB Antonio Menezes Filho, o membro do CNJ André Godinho, dentre outros representantes da advocacia. 

De acordo com o presidente nacional do CESA, Adonias é uma liderança pessoal e intelectual que vem servindo de referência para toda advocacia. "É um professor, um mestre e todos nós temos muito o que aprender com ele. A sua chegada vem agregar muito valor para todos", disse Carlos José Santos da Silva.

Para Luiz Viana, com Adonias na presidência o Centro se aproximará ainda mais da OAB. "A posse de Antonio Adonias significa mais um laço que une a OAB-BA ao CESA para fazermos trabalhos voltados para a defesa dos direitos e interesses das sociedades de advogados. Eu desejo tudo de bom para a nova a diretoria e muito sucesso", afirmou.

Fabrício Castro, que também já presidiu o CESA Bahia, acredita que a instituição seguirá crescendo e proporcionando melhorias para as sociedades de advogados do nosso estado. Ele destacou ainda o trabalho feito pelo conselheiro da OAB-BA Humberto Valverde, antecessor de Adonias, à frente da instituição.

"Ele será sucedido por Adonias e uma grande diretoria. Não tenho dúvidas que com as sociedades associadas ao CESA e certamente o trabalho que fará em parceria com a OAB, o resultado será muito profícuo e nós teremos três anos de grande sucesso", garantiu. 

O evento ainda contou com a palestra do advogado Claudio Felippe Zalaf (SP), que discorreu sobre o problema do aviltamento de honorários nas licitações por menor preço para a contratação de serviços jurídicos. Ele afirmou que o CESA Bahia tem feito um trabalho extraordinário e mostrado aos advogados o real valor da profissão. Para ele, foi de fundamental importância a chegada de Adonias à presidência estadual do órgão. 

"Adonias tem se mostrado um jovem talentoso na comunicabilidade, razoabilidade, ponderação e equilíbrio, que é o mais importante para um presidente", afirmou. A nova diretoria do CESA na Bahia terá ainda Raquel Pedreira Franco, Andréa Fernandes Amorim, Paula Pires e Ricardo Dantas.

De acordo com o novo presidente do CESA Bahia, a Diretoria pretende atuar para o fortalecimento da profissão com o protagonismo das Sociedades de Advogados, cujo número vem crescendo em todo o estado, o que demonstra a sua importância. "Pretendemos aproximar o CESA ainda mais das Sociedades, a fim de identificar as suas demandas e desenvolver projetos que visam uma melhor estruturação dos escritórios, tanto na capital como no interior", disse.

Ainda segundo Adonias, a advocacia vem passando por profundas transformações, que têm levado os advogados a lidar com a inteligência artificial, novas formas de gestão, relações de trabalho, entre outros aspectos. "Por esses motivos é muito importante contarmos com a parceria das outras entidades que estão diretamente ligadas à advocacia, como a OAB e o IAB”, concluiu.

Conheça um pouco o CESA
O CESA é uma associação civil, sem fins lucrativos, constituída por Sociedades de Advogados regularmente inscritas na OAB. Fundado em 30 de junho de 1983, inicialmente contando com Associadas de São Paulo, o CESA expandiu suas atividades a outros estados e ao exterior, contando hoje com mais de 800 sociedades inscritas.

As principais finalidades do órgão são: promover estudos e manifestar-se sobre questões jurídicas e assuntos relativos à administração da Justiça e ao exercício da profissão de advogado; promover o estudo e a defesa de questões de interesse das Associadas; oferecer às Associadas estudos e serviços que facilitem o exercício da profissão de advogado; representar os interesses das Associadas e das Sociedades de Advogados em face dos órgãos de classe e de outras entidades profissionais de advogados; representar os interesses das Associadas em juízo.

Foto: Angelino de Jesus (OAB-BA)

Fonte: OAB/BA