Notícias

12/04/2017

A primeira reunião do ano da seccional catarinense do Centro de Estudos das Sociedades de Advogados (Cesa), realizada em Florianópolis, definiu a constituição de Câmaras de Arbitragem para julgar conflitos empresariais como o principal tema a ser abordado em 2017, criando uma comissão específica para tratar o assunto.

Em linhas gerais, o principal objetivo, segundo o presidente do Cesa/SC, Julio Santiago da Silva Filho, é oferecer e promover soluções para a resolução extrajudicial de conflitos empresariais com agilidade e eficácia, evitando, assim, a judicialização, considerada mais morosa e não especializada aos temas empresariais.

Além disso, explica o presidente, a criação de Câmaras de Arbitragem específicas para conflitos empresariais proporcionam segurança jurídica e ajudam a melhorar o ambiente para as empresas instaladas no Estado.

Segundo ele, nos casos em que há exigência de se submeter determinado conflito a uma Câmara de Arbitragem, os advogados e empresários que atuam em Santa Catarina têm que se deslocar a outras regiões do país ou exterior. As câmaras arbitrais geralmente estão vinculadas a instituições tradicionais e de reputação consolidada. "Já estamos nos reunindo com as instituições em Santa Catarina com o perfil adequado para explicar a ideia e começar a evoluir na proposta", explica o presidente Julio Santiago, Presidente do Cesa/SC.

Cesa

O Centro de Estudos das Sociedades de Advogados (Cesa) é uma associação sem fins lucrativos fundada em 1983. Atualmente, conta com cerca de mil sociedades de advogados associadas em todo país, com atuação em 13 Estados.

Fonte: ADJORISC