Notícias

09/04/2018

Centro de Estudos das Sociedades de Advogados também deu posse aos membros da Diretoria Nacional, demais diretorias e conselhos para o triênio 2018/2021. Na foto, Evandro Kruel. Crédito: José Luiz da Conceição/OABSP

O advogado Evandro Luis Pippi Kruel, sócio-fundador do Escritório Ramos e Kruel Advogados, assumiu mais um mandato como Presidente do Centro de Estudos das Sociedades de Advogados, seccional Rio Grande do Sul. Foram eleitos, também, os advogados Fernando Manozzo como Diretor Administrativo-Financeiro, Thiago Guedes como Diretor de Relações Institucionais, André Azambuja de Vasconcellos Chaves e Jader Marques, ambos como Diretores.

A assembleia geral realizada em São Paulo, no último dia 27 de março, serviu para dar posse aos membros da Diretoria Nacional, demais diretorias e conselhos para o triênio 2018/2021. O presidente da Seção São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil, Marcos da Costa, participou da solenidade e reforçou a importância da união das entidades representativas da advocacia em favor da classe.

O presidente do CESA e conselheiro federal da OAB, Carlos José Santos da Silva, fez um discurso em defesa das sociedades de advogados sob o prisma do momento histórico em que ataques à advocacia vêm ocorrendo com alguma constância. “O CESA nunca se calou e não se calará. Não podemos admitir a violação das nossas prerrogativas profissionais, não podemos nos descuidar. Devemos ser protagonistas, não expectadores”, cravou Silva.

O presidente do Conselho Federal da OAB, Cláudio Lamachia, prestigiou a solenidade de posse e falou da importância da defesa do Estado Democrático de Direito para superar o momento de divisão que o Brasil enfrenta. Ao fim do evento, o ministro da Justiça, Torquato Jardim, fez uma palestra em que defendeu a colaboração e atuação das sociedades de advogados em favor de seis nichos da população que nominou de “vulneráveis e esquecidos”: grávidas presas, encarcerados, indígenas, crianças matriculadas em escolas públicas, dependentes químicos e crianças e adolescentes cooptados pelo crime organizado.

A mesa de honra para essa assembleia geral e solenidade de posse do CESA também foi composta por Alfredo de Assis Gonçalves Neto, diretor executivo do CESA; Carlos Eduardo Cauduro Padin, presidente do TRE-SP; Márcio Fernando Elias Rosa, secretário estadual de Justiça e Defesa da Cidadania; Fábio Prieto, desembargador do TRF-3; desembargadora Mari Grün , do TJSP; Clemência Beatriz Wolthers, presidente da Comissão de Sociedades de Advogados da OAB SP; Isabela Braga Pompílio, presidente do CESA-DF; José Setti Diaz, diretor Financeiro-Administrativo do CESA; Luis Otávio Camargo Pinto, presidente do Sindicato das Sociedades de Advogados dos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro; Ricardo Alexandre Rodrigues Peres, presidente da Caixa de Assistência dos Advogados do Distrito Federal; e Francisco Rezek, ministro aposentado do STF.

Fonte: O SUL