Notícias

17/03/2016

O Centro de Estudos das Sociedades de Advogados - CESA, acompanhando de perto e com preocupação o contínuo agravamento da crise ético-político-administrativa por que passa o País, manifesta perplexidade e veemente repúdio aos novos, graves e inaceitáveis fatos vindos à lume no dia de ontem.

O conteúdo das gravações autorizadas pela Justiça Federal envolvendo diretamente os mais altos escalões da República, posto configurarem verdadeiros atentados, dentre outros, ao princípio da moralidade administrativa, demonstram total desconsideração pelas razões de Estado, utilizando a este para defender interesses privados pouco republicanos que são objeto de legítima investigação penal.

O CESA, solidário à atônita sociedade brasileira nestes tristes tempos, confia em que nossas já amadurecidas Instituições saberão dar resposta legitima, serena e firme aos acontecimentos, investigando e punindo os atos que possam configurar improbidade administrativa.

Atenciosamente,
DIRETORIA EXECUTIVA DO CESA