Notícias

19/09/2017

Carlos José Santos da Silva, o Cajé, foi nomeado, nesta terça-feira (19/9), para o cargo de presidente da Comissão Nacional de Sociedades de Advogados do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil.

                                                                   Felipe Lampe

Cajé é também o presidente do Centro de Estudos das Sociedades de Advogados. 

“Meu agradecimento ao presidente Lamachia pela confiança, assim como ao presidente Marcos Costa pelo apoio. Substituir meu amigo Andre Godinho, hoje no Conselho Nacional de Justiça, traz uma enorme responsabilidade”, afirma Cajé.

Cajé é presidente do Centro de Estudos das Sociedades de Advogados (Cesa) e se destaca como um dos principais defensores das prerrogativas da classe.

Em entrevista para a ConJur, já disse que as investidas do Ministério Público do Trabalho contra escritórios de advocacia, acusados de contratar advogados que deveriam ser celetistas como associados, servem de propaganda para o órgão, mas não devem ter qualquer efetividade.

“Se observarmos, entre 40 mil sociedades de advogados, [o MPT] tem 30 ou 40 casos. Me desculpe, mas não posso representar isso como um todo. Vejo mais como propaganda do que como uma cruzada”, criticou o advogado, que é sócio do Escritório de Advocacia Machado Meyer, um dos maiores do país.

Fonte: CONJUR