Notícias

17/02/2017

Por Frederico Vasconcelos

O presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Roberto Velloso, concorda com a crítica do ministro Roberto Barroso, que vê o foro privilegiado como causa frequente de impunidade, dificultando o funcionamento do Supremo Tribunal Federal como Corte Constitucional.

Para ler a íntegra da notícia, clique aqui.

Fonte: Folha de São Paulo